Conheça o visto correto para a sua solicitação!

O Estados Unidos da América é o destino mais procurado pelos brasileiros seja para turismo, estudos e até negócios ou mudança de país.  O sistema de imigração americana tem dois segmentos distintos: vistos temporários e permanentes. Os vistos temporários têm data certa para o término do prazo, e o estrangeiro tem que retornar ao seu país.  A residência permanente, o prazo se prorroga e não encerra se a pessoa permanece morando legalmente nos EUA, e se permanecer legal pode adquirir cidadania americana em alguns anos com a naturalização.

Uma viagem com visto errado pode causar problemas ao chegar nos Estados Unidos. E muitas pessoas tem sido deportadas de volta, ao país de origem, por problemas nos visto concedidos pelos consulados.

É preciso saber o motivo de sua viagem e os seus objetivos para avaliar o tipo de visto exigido pelas leis de imigração dos EUA, para verificar se preenche todos os requisitos necessários.

Por essa razão, contamos com assessoria de advogados americanos para solicitar a categoria de visto certo, no Brasil ou diretamente nos EUA.

Qual o tipo de visto você precisa de assessoria?

lista de tipo DE VISTOS

Fonte: br.usembassy.gov

  • B-1

    Negócios

     

    Vendas, trabalho voluntário, serviços de engenharia, orador/palestrante, conferências, pesquisadores, empreendedores, estágio na área médica, empregados domésticos - visto B1

  • B-2

    turismo

    Em geral, turistas em viagem para os Estados Unidos necessitam de um visto B-2 válido, exceção feita àqueles elegíveis ao Programa de Isenção de Vistos, ou cidadãos de um país que tenha acordo com os Estados Unidos que lhe permita a entrada no país sem o visto B-2.

  • f-1

    Estudante

    Um estudante que pretenda frequentar uma universidade ou outra instituição acadêmica nos Estados Unidos deve requerer um visto de estudante (F-1). Aqueles que desejam  cursar  uma instituição profissional ou não-acadêmica precisam solicitar o visto não-acadêmico (M-1).

     

    As pessoas que possuirem visto de turismo (B-2) ou as pessoas que viajarem aos Estados Unidos utilizando o Visa Waiver Program (Programa de Isenção de Visto) não podem estudar em cursos de período integral.

     

    O visto de turista só pode ser usado para frequentar cursos de curta duração que não ofereçam crédito acadêmico ou profissional, como um curso de inglês de curta duração, por exemplo, Por favor, observe que o número de horas de aula não é um fator para determinar o tipo correto de visto. Para mais informações sobre visto de estudante, por favor clique aqui. Você pode também, entrar em contato com um dos escritórios do EducationUSA mais próximo de você para obter informações sobre como estudar em faculdades e universidades nos Estados Unidos.

  • J-1

    INTERCAMBISTAS

    Qualquer pessoa que pretenda ir aos Estados Unidos para exercer uma função pré-combinada, treinamento ou pesquisa no âmbito de um programa aprovado oficialmente e patrocinado por uma instituição de ensino ou outra instituição sem fins lucrativos, precisa de um visto de intercambista (J-1). Solicitantes deste visto incluem estudantes de pós-graduação, estrangeiros graduados em medicina buscando pós-graduação e especialização em medicina, acadêmicos estrangeiros patrocinados por universidades como docentes temporários e alguns profissionais estagiários. Além disso, há vários programas de intercâmbio para jovens, como programas de emprego de verão, programas de estágio para universitários e programas au pair (veja a seção Au Pair abaixo).

     

    A categoria de visto de visitante de intercâmbio (J) é dada a pessoas aprovadas a participar em programas de visitantes de intercâmbio nos EUA, de acordo com a lei de imigração dos EUA. Isso quer dizer que antes que você possa solicitar um visto J junto à Embaixada ou Consulados, você precisa se candidatar, preencher os requisitos e ser aceito por um uma das categorias de Programas de Visitantes de Intercâmbio através de uma organização patrocinadora designada. Se você for aceito como participante no programa, o patrocinador vai lhe fornecer as informações e documentação necessárias para a solicitação de um visto J para entrar nos EUA.

  • J-1

    AU PAIRS

    As Leis de visto dos Estados Unidos proíbem qualquer portador de visto de turismo B-2, ou viajante isento de visto pelo Visa Waiver Program (Programa de Isenção de Visto), de trabalhar como au pair ou babá mesmo que somente em troca de hospedagem. A única exceção a esta regra é para babás e auxiliares que acompanhem um cidadão americano ou portador de visto de não-imigrante por um período temporário. Em tais circunstâncias, um visto de negócios B-1 é apropriado.

     

    Aqueles que procuram uma colocação profissional como au pair precisam solicitar um visto de intercâmbio (vistos J-1) através do patrocínio de um programa de intercâmbio aprovado e supervisionado pelo Escritório de Assuntos Educacionais e Culturais (Bureau of Educational and Cultural Affairs). Qualquer um que queira participar deste tipo de programa deve contatar a organização diretamente.

  • E-1 / E-2

    INVESTIDORES

     

    Vistos de Comerciantes (E-1) e de Investidores (E-2) são vistos para cidadãos de países com os quais os Estados Unidos mantém tratados de comércio e navegação. Para obter uma lista de países participantes, acesse países que fazem parte do Tratado.

     

    Você deve estar vindo para os Estados Unidos com a finalidade de:

     

    Envolver-se em comércio substancial, incluindo o comércio de serviços ou tecnologia, em atividades de qualificação, principalmente entre os Estados Unidos e o país tratado; ou

     

    Desenvolver e dirigir as operações de uma empresa em que você investiu uma quantidade substancial de capital.

  • L1

    Trabalhadores Temporários (transferência na mesma empresa)

    Os funcionários de empresas internacionais qualificados que estão sendo transferidos temporariamente para a matriz, filial ou subsidiária da mesma empresa nos Estados Unidos necessitam de vistos de transferência na mesma empresa (L-1).

     

    A empresa internacional pode tanto ser americana como estrangeira. Para qualificar-se a receber este visto, o solicitante deverá  exercer função em nível gerencial ou executivo ou ser funcionário com conhecimento altamente qualificado e viajar para ocupar uma posição com a companhia nos Estados Unidos em qualquer um desses níveis, embora não necessariamente na mesma função ocupada anteriormente. Além disso, o funcionário deverá ter trabalhado na mesma empresa por um período mínimo contínuo de um ano, fora dos Estados Unidos, nos últimos três anos antes da solicitação  do visto.

  • C-1/D

    Tripulantes de aeronaves ou embarcações marítimas

    Tripulantes

     

    Vistos Individuais de tripulantes (C1/D) são emitidos para tripulantes de linhas aéreas internacionais e para estrangeiros cujo trabalho é indispensável ao funcionamento e operações normais de uma embarcação.  No último caso, para que seja determinado quem se qualifica ou não para a emissão de um visto C1/D, são consideradas as responsabilidades e atividades do solicitante na embarcação.  Por exemplo, os vistos comuns de tripulantes são para tripulações de  cruzeiros marítimos e incluem, mas não se limitam a profissionais de beleza, animadores, salva-vidas, entre outros.

     

    Estaleiros

     

    Aqueles que vão trabalhar em embarcações marítimas, porém nos estaleiros (em doca seca) necessitam solicitar um visto de trabalho temporário (H-2), exceção feita a trabalhos realizados durante o período de garantia – para estes casos faz-se necessário o visto B-1.

     

    Iates Particulares

     

    Se você for trabalhar em um iate particular, partindo de um porto estrangeiro e cruzando águas norte-americanas por mais de 29 dias, necessitará do visto B-1.

     

    Férias

     

    Aqueles que pretendem estender sua permanência nos Estados Unidos, em férias, após o período de trabalho temporário naquele país,  precisam solicitar admissão como visitante através de um visto de turismo B-2.  Todavia, aqueles que entram nos Estados Unidos a bordo de uma embarcação participante do Programa de Isenção de Vistos (Visa Waiver Program – VWP), poderão ser elegíveis a entrar no país sem visto.  Recomendamos confirmar com a empresa marítima empregadora antes do embarque.

     

    Dependentes de Tripulantes

     

    Dependentes de tripulantes portadores de visto D acompanhando um estrangeiro aos Estados Unidos são elegíveis para o visto de turismo B-2.

  • o

    Pessoas com habilidades extraordinárias em Ciências, Artes, Educação, Negócios ou Atletismo

    Indivíduos com habilidade ou feito extraordinário – Visto O

     

    O visto de categoria O prevê admissão nos Estados Unidos de pessoas com habilidades extraordinárias nas áreas de ciências, artes, educação, negócios e atletismo ou feitos extraordinários em produção de televisão e filmes e sua equipe de apoio essencial.

     

    Apenas indivíduos se qualificam para o visto da categoria O-1. Para um grupo se qualificar, cada membro precisaria ser aprovado em um teste de habilidade extraordinária. O visto é concedido para um evento específico, como: tour, série de palestras ou projetos.

     

    Para os atletas e membros da indústria de entretenimento, existe uma disposição pela qual os estrangeiros, que são parte integrante das performances ou apresentações, têm habilidades e experiência pouco comum e não estão disponíveis naquele local dos Estados Unidos, podem solicitar o visto O-2 para acompanhar o titular do visto.

     

    Atletas, artistas e membros da indústria do entretenimento – Visto P

     

    O visto da categoria P-1 prevê a entrada nos Estados Unidos de certos atletas, artistas, entertainers e equipe técnica essencial. Membros individuais da indústria de entretenimento não são elegíveis ao visto P-1, mas os atletas são. Para os membros da indústria de entretenimento, o visto será emitido apenas para um evento específico. No entanto, os atletas podem ser admitidos por cinco anos e um time ou equipe por um período de seis meses.

     

    O visto da categoria P-2 prevê a admissão de um artista ou entertainer nos Estados Unidos caso o indivíduo ou grupo esteja envolvido em um programa de intercâmbio entre uma organização ou organizações dos Estados Unidos e um ou mais países estrangeiros que compartilham de intercâmbio de artistas ou entertainers.

     

    O visto da categoria P-3 prevê a admissão nos Estados Unidos de um artista ou entertainer, seja um indivíduo ou grupo, para representar, ensinar, ou treinar através um programa culturalmente único.

  • c-1

    Trânsito pelos Estados Unidos

    Em geral, passageiros em trânsito pelos Estados Unidos necessitam de um visto C-1 válido, exceção feita aos que se qualificam no Programa de Isenção de Vistos (Visa Waiver Program – VWP), ou cidadãos de países que tenham acordo com os Estados Unidos que lhe permita a entrada sem visto.

     

    Para aqueles que não se enquadram no Programa de Isenção de Vistos (VWP), será necessário solicitar um visto de trânsito (C-1) anterior à viagem.

  • Parentes imediatos de cidadãos dos EUA e imigrantes com base em parentesco

     

    Cônjuge de cidadão dos EUA:  IR1, CR1

    Cônjuge de cidadão americano aguardando aprovação de de petição de visto de imigração: I-130 K-3

    Noivo(a) para se casar com cidadã(o) dos EUA e viver nos Estados Unidos: K-1

    Adoção entre países ou órfão de cidadão dos EUA IR3, IH3, IR4, IH4

    Certos familiares de cidadãos dos EUA IR2, CR2, IR5, F1, F3, F4

    Certos familiares de residentes legais permanentes F2A, F2B

  • Imigrantes com base em emprego

     

    Trabalhadores prioritários: E1

    Profissionais com títulos acadêmicos avançados e pessoas com habilidade excepcional: E2

    Profissionais liberais, trabalhadores qualificados e não qualificados: E3

    Certos imigrantes especiais: EW3

    Criadores de empregos/investidores: C5

  • Outros imigrantes

     

    Imigrantes de diversidade (Loteria de Vistos): DV

    Residente em retorno: SB

Rio de Janeiro

Avenida Passos 101/309, Centro

Rio de Janeiro/RJ

Tel: +55 21 2253-9757  / +55 21 2223-0646

Macaé

Rua Tenente Coronel Amado 359

Centro - Macaé/RJ

Tel: +55 22 2762-9734

Santos

Rua Joaquim Távora  233,

Bairro Vila Matias - Santos/SP

Tel: +55 13 3235-2706

Miami/USA

Miami/Florida/USA

Tel: +1 (954) 284-5505

Recife

Rua Barão de Souza Leão  425, sala 810,

Boa Viagem - Recife/PE

Tel: +55  81 3204-5543

Siga-nos

© J.Haroldo & Advogados - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Mídia Pixel